A mineração e a energia limpa - Core Case

A mineração e a energia limpa

À medida que a demanda por energia renovável continua a crescer, a indústria da mineração enfrenta um momento decisivo para se tornar um contribuinte reconhecido para uma transição energética mais ampla.

A mineração é fundamental para o crescimento da energia renovável, pois a tecnologia verde depende fortemente de certos metais e minerais – que vem da mineração.

Assim, ambos os setores – mineral e energético – devem passar por adaptações para que a crescente demanda por esses materiais seja atingida. 

Neste texto iremos abordar as principais características da transição energética (a chamada energia limpa) e sua relação com a indústria mineral. Leia até o final para saber mais sobre esse assunto importante!

Energia renovável no futuro

Os efeitos das mudanças climáticas já atuantes em diversas partes do mundo e os alertas feitos pelos cientistas, sobretudo no último relatório do IPCC, apontam já para uma situacao alarmante no sistema energético de todo o mundo. 

O aumento do nível do mar, ondas de calor intensas, perda de habitat e espécies animais, secas e inundações, levaram a pedidos globais para diminuir os impactos das mudanças climáticas – que devem acontecer o quanto antes.

Seguindo o Acordo de Paris e a pressão global, governos e grandes empresas estão tentando reduzir as emissões de dióxido de carbono relacionadas à energia. Eles procuraram alcançar isso principalmente por meio da implantação de formas renováveis ​​de energia, como energia eólica, solar e hidrelétrica.

A Agência Internacional de Energia Renovável prevê que, para atingir as metas climáticas, a participação total de energia renovável deve aumentar em cerca de dois terços até 2050, sugerindo que as energias renováveis ​​podem representar 60% ou mais do consumo final total de muitos países. 

Essa demanda significa que as fontes de energia renovável precisarão aumentar sua capacidade e geração. Por exemplo, a capacidade instalada cumulativa global de energia eólica onshore precisará aumentar mais de três vezes até 2030 e nove vezes até 2050. 

Para energia eólica offshore, o aumento precisaria ser dez vezes até 2030. Em termos de energia solar, a capacidade global precisará crescer de um total de 480 gigawatts em 2018 para 2.840 gigawatts em 2030 e 8.519 gigawatts em 2050. Já a energia solar tem previsão de atingir 8.519 gigawatts de capacidade em todo o mundo até 2050

Essas mudanças são significativas e para isso as empresas precisam estar atentas às demandas atuais que além de serem necessárias para o meio ambiente, impactam na economia – a pauta ESG e da sustentabilidade cada vez mais atraem investimentos, e dessa forma, é necessário atender de forma ampla tais demandas.

Energia limpa e dependência da mineração

As discussões em torno da energia sustentável e da cadeia de suprimentos global muitas vezes estão em desacordo com o fato de que um plano de dependência de energia renovável é fortemente dependente da indústria de mineração – pois ela fornece os metais e minerais necessários para sua construção e operação.

A energia solar depende do fornecimento de alumínio, cobre e certos elementos de terras raras (incluindo índio e cádmio) para produzir painéis fotovoltaicos. 

Da mesma forma, as turbinas eólicas são feitas de aço e sua fabricação depende, portanto, da produção de ferro, mas também certos elementos de terras raras, como o neodímio, são necessários para os ímãs usados ​​​​no interior dos geradores de turbina. 

De maneira mais geral, o cobre é essencial para toda a infraestrutura de geração de energia, bem como para a tecnologia de veículos elétricos (EV).

Terras Raras e turbinas eólicas

Por exemplo, o caso dos metais de terras raras, como disprósio e neodímio. Ambos os metais são usados ​​para fazer ligas para os ímãs permanentes encontrados em geradores de turbinas eólicas, com a China minerando cerca de 63% do mercado global de terras raras. Atualmente, uma única turbina eólica de cinco megawatts requer uma tonelada de liga. 

Dadas as previsões futuras para a energia eólica, a demanda global por neodímio e disprósio está projetada para aumentar em 2,1 vezes, com 65% de novas turbinas, instaladas nos próximos dez anos, incorporando tecnologia que necessita de metais de terras raras. 

Cobre e usinas eólicas

Da mesma forma, o cobre está em alta demanda devido à sua alta condutividade e durabilidade. Dentro de uma turbina eólica instalada, o teor de cobre é de 2,5 a 6,4 toneladas por megawatt, usado no gerador, transformadores e cabeamento. 

O mercado eólico global atualmente requer uma média de 450 quilotons de cobre por ano e espera-se que isso aumente para 600 quilotons por ano até 2028. Esse número provavelmente aumentará substancialmente, considerando que os requisitos futuros de energia renovável levarão a turbinas eólicas maiores e não obstante as necessidades de cobre para outras tecnologias, como energia solar e veículos elétricos. 

A demanda por cobre devido apenas aos veículos elétricos deverá aumentar em 1.700 quilotons até 2027, uma vez que os veículos elétricos devem atingir mais de 7% das vendas anuais de veículos até 2025. 

Cobre e metais de terras raras são difíceis de substituir e sua reutilização depende de iniciativas de reciclagem, o que significa que sua mineração contínua é essencial para apoiar a indústria de energia renovável. 

Prata e painéis solares

A prata, devido à sua alta resistividade, é utilizada nas células solares na forma de uma pasta que recolhe a eletricidade da célula, para que possa ser armazenada ou consumida. O metal é utilizado em 95% dos painéis fotovoltaicos instalados, o que equivale a 9% da produção global total de prata. 

Com a capacidade de energia solar a crescer rapidamente, a demanda por mineração de prata é alta.

Baterias de armazenamento – cobre, lítio, níquel e cobalto

Dada a sua natureza intermitente, o aumento da geração de energia renovável exigirá grandes unidades de armazenamento de energia, o que, por sua vez, levará ao aumento da demanda pelos minerais contidos nas baterias de armazenamento, principalmente cobre, lítio, níquel e cobalto. 

No entanto, há temores de que o rápido aumento da demanda por esses metais não possa ser atendido com base nas taxas de produção atuais. Fabricantes de automóveis, como Tesla e Mercedes-Benz, já estão cortando as previsões de produção devido a preocupações com a oferta.

Desafios da mineração para energia limpa e sustentável

Mina de cobre Carajás-PA.

O objetivo central da mudança para energias renováveis é a redução das emissões de gases de efeito estufa, causadas por combustíveis fósseis. 

Entretanto, essa mudança não pode causar ainda mais impactos ao meio ambiente que estamos tentando preservar e, dessa forma, exige que as operações de mineração se tornem mais sustentáveis ​​em paralelo a transição energética.

As mudanças climáticas também representam uma ameaça mais ampla para o setor de mineração. Metais que provavelmente terão um crescimento na demanda, devido à sua importância na produção de tecnologia de energia renovável, tendem a se concentrar em áreas vulneráveis ​​aos efeitos das mudanças climáticas.

Além disso, as atividades do setor mineral também necessitam de energia, e portanto, também são fontes emissoras de gases do efeito estufa. 

A indústria mineral, que já tem seus impactos ambientais difundidos pelo conhecimento geral da sociedade, tem assim, ainda mais desafios para mudar este cenário, visto que a demanda por minerais será contínua – assim como a necessidade de adaptação a um mundo mais sustentável. 

Mineração mais sustentável, energia limpa e oportunidades

https://www.atlasrenewableenergy.com/wp-content/uploads/solar-plant-Usina Javiera que fornece energia para a Minera los Pelambres, uma das maiores minas de cobre do Chile administrada pela Antofagasta Minerals.

O Financial Times informou em setembro de 2019 que o número de investidores institucionais que se comprometeram a remover completamente os combustíveis fósseis de seus portfólios até 2030 saltou de 180 em 2014 para mais de 1.100, representando cerca de US$ 11 trilhões em ativos. 

Assim, ao mesmo tempo em que a demanda por energia renovável continua a crescer, o entusiasmo pelo investimento em combustíveis fósseis e mineração está diminuindo.

Dessa forma, os desafios ao setor são grandes e será necessário contínuas adaptações para gerenciar uma pauta ESG ampla e detalhada, atraindo assim investimento e desenvolvimento adequado às demandas atuais.

A indústria da mineração, portanto, deve atentar a oportunidades que as energias renováveis ​​apresentam como uma das várias soluções para se tornar uma indústria mais sustentável. 

Uma das principais vantagens da energia renovável aplicada na mineração é que ela pode suprir as necessidades energéticas das operações de mineração em áreas remotas, onde o custo de construção da infraestrutura necessária para conectar a mina à rede ou a construção de uma usina convencional seria significativo. 

Assim, com os avanços na tecnologia de energia renovável e o compromisso de alguns dos principais players do setor, o setor está pronto para a mudança e há muitos benefícios para as empresas de mineração que mudam para as energias renováveis:

  • Dependência reduzida de combustíveis fósseis que são vulneráveis ​​às flutuações de preços globais e diminuição das emissões de carbono
  • Satisfação dos critérios ambientais e sociais (ESG) utilizados para medir a sustentabilidade de um determinado projeto – este será um pré-requisito para investidores e credores

Nosso Core é a preservação

A CORE CASE é uma companhia brasileira-canadense com 11 anos de existência que se consolidou no mercado de mineração e está presente nas mais importantes empresas do segmento.

Os cases e acessórios Core Case são produzidos em plástico 100% reciclado e reciclável (Polipropileno – PP), têm formato ergonômico, são resistentes, leves e fáceis de transportar, além de serem mais duráveis que as caixas de madeira e de outros materiais.

Se quiser saber mais sobre nossos serviços, entre em contato conosco!


Referências

https://www.irena.org/

https://www.wfw.com/articles/the-mining-industry-an-essential-part-of-a-renewable-future/

https://www.wfw.com/articles/mining-renewable-energy-a-greener-way-forward

https://www.land-links.org/wp-content/uploads/2021/11/Green-Energy-Minerals-Report_FINAL.pdf

https://www.iea.org/reports/the-role-of-critical-minerals-in-clean-energy-transitions

Our Projects
Rolar para cima